domingo, 27 de fevereiro de 2011

arroz de festa


Tem festa, nós vamos. 
Não importa se é batizado de boneca, chá para bichos de pelúcia ou aniversário do gato da família. Convite de festa infantil recebido é convite aceito e compromisso marcado na agenda.
Sexta feira me senti culpada por não ter ido na terceira do dia, Matraca-Trica e Fofoquinha não aguentaram. Simplesmente foi demais para eles. Também, vamos combinar, três em uma tarde só é demais até para mim. Mesmo assim estava disposta a ir, tudo para não deixar o aniversariante chateado. Nenhuma criança merece ficar triste no dia de sua festa.
Tá certo que dá uma preguiça enorme de encarar tanta festa o tempo todo, mas imagina se metade dos pais não levar os filhos na festa do amiguinho por falta de vontade de encarar mais uma rodada de coxinhas e risolis fritos em óleo de qualidade duvidosa com refrigerante. Imaginou a cara do amiguinho? Eu imagino e morro de remorso.
Já fui em festa em baixo de tempestade (tá certo que estava a poucos quarteirões) e fomos os únicos convidados a aparecer, para você ter uma ideia.
Tem outra coisa também que me incomoda: a lei da reciprocidade quando se trata de festa infantil é implacável para os adultos. Mesquinharia pequena, na minha opinião, mas que existe, isso lá existe. As crianças não são responsáveis pelo comportamento dos pais, mas estes não esquecem jamais de quem foi e quem não foi, pagando na mesma moeda.
Segunda-feira ligarei para a mãe do amiguinho cuja festa as crias não conseguiram ir e pedir desculpas. Só assim posso dormir melhor.

4 comentários:

Carol Passuello disse...

Flávia, só agora que descobri teu blog! Que coisa linda!!! Vou ler tudinho, tudinho!
Bjs

Camila disse...

Aqui nós tbem somos arroz de festa. É lei. É básico e eu adoro!
Bjos,
Camila
www.mamaetaocupada.blogspot.com

MuitoCriança disse...

Oi Flá, faz tempo que não passo aqui, nem aqui nem em lugar nenhum. Trampis....tanks God.
Amore passei pra deixar um beijo e dizer que não esqueço os meus blogs que estão sempre lá do ladinho na minha lista de blogs. Bjs Paty do Nutrição e Cia com um pouco de tempo mais pro M&C Muito Criança.

Mary disse...

Concordo. Festa de criança é festa de criança, algo que vai ficar pra eternidade. Sim, eternidade. Posso não me lembrar dos aniversários nos quais teve quorum, mas lembro todos que não tiveram - data, hora, local e... sentimento de frustração.
Infância passa logo e é nosso dever como pais compartilharmos da intoxicação alimentar, na alegria e na tristeza.
Bora tirar a bunda do sofá que tem festa na agenda!